Suécia quer diminuir taxas para reformas e moda está nessa lista

moda-sustentavel-suecia-quer-diminuir-taxas-para-reformas-e-moda-esta-nessa-lista

21/11/2016 • Moda Consciente

Share Button

Reparar um produto que você já possui, ao invés de comprar algo novo! E fomentar essa prática através da diminuição de impostos sobre serviços de reparos em geral – de bicicletas a sapatos.

Essa é uma das proposta que a coligação governista social-democrata e o Partido Verde da Suécia propõe como forma de reduzir o consumo excessivo de bens materiais e assim impactar positivamente no meio ambiente.

Autoridades suecas sugerem uma redução de 25% para 12% do imposto sobre o valor agregado para obter o conserto de itens. Outra proposta permite que os suecos reivindiquem de volta, em ses impostos de renda, até metade dos custos trabalhistas gerados com o consertos.

Para Bolund – ministro da Suécia para mercados financeiros e de consumo, e um dos seis membros do gabinete do Partido verde – “ Acreditamos que isso possa reduzir substancialmente os custos e, portanto, tornar mais racional o comportamento de reparo de bens”.

A idéia, disse Bolund, não é necessariamente consumir menos, mas consumir melhor.

Apesar da Suécia vir reduzindo anualmente a emissão de dióxido de carbono relacionada a produção de bens internamente, as emissões ligadas ao consumo têm subido teimosamente.

Bolund disse que a política também está ligada às tendências internacionais em torno do consumo reduzido e do artesanato, como o “movimento maker” e a economia de compartilhamento, ambos com seguidores fortes na Suécia.

“Acredito que há uma mudança na visão na Suécia no momento. Há um conhecimento crescente de que precisamos fazer com que nossas coisas durem mais tempo, a fim de reduzir o consumo de materiais “, disse ele.

Novas formas de consumo e de se relacionar com a moda, de maneira mais consciente e sustentável, têm sido tema recorrente aqui no site Estilistas. Leia também reciclar, reaproveita e reutilizar suas roupas.

Fonte aqui.

One Response to Suécia quer diminuir taxas para reformas e moda está nessa lista

Deixe uma resposta