Plataformas promovem transparência e proximidade na cadeia têxtil

Plataformas promovem transparência e proximidade na cadeia têxtil

12/01/2017 • Moda Consciente

Share Button

O tema moda ética tem sido discutido intensamente ultimamente. Diversos movimentos têm surgido pelo mundo, como o Fashion Revolution e o aplicativo Moda Livre em resposta a uma cadeia de produção desequilibrada, com trabalhadores mal remunerados, produtos agressivos ao meio ambiente e volume excessivo de produção.

Nesse novo cenário da moda, não só a estética das roupas e acessórios que compramos, mas também a maneira como esses produtos são produzidos, suas matérias-primas, o equilíbrio das relação de trabalho e cuidados com meio ambiente, importam.

Nessa tendência do bem, surgem projetos que prometem gerar transparência e proximidade para a cadeia de produção, rompendo modelos arcaicos e criando novas formas de produzir moda, muito mais conectada e colaborativa.

 

Selecionamos 3 plataformas para você conhecer e interagir:

 

Moda Limpa:

O Moda Limpa é uma plataforma colaborativa que abre espaço para que fornecedores da cadeia têxtil possam se cadastrar, gratuitamente, e oferecer seus produtos e serviços para o público.

Os sócios e amigos que desenvolveram a ideia, Marina, Kaio e Julio, chamam a plataforma de “agenda de fornecimento da moda do bem”.

A plataforma pretende gerar maior visibilidade para a cadeia de fornecimento, ampliando as perspectivas de crescimento para fornecedores, principalmente para os pequenos produtos locais, atuando como ponte entre produtores e clientes.

Além disso, a plataforma permite feedbacks por parte dos usuários, gerando uma espécie de “certificado colaborativo” como eles mesmos chamam, atuando para o desenvolvimento de uma cadeia de produção mais justa, ética e assertiva.

 

Plataformas promovem transparência e proximidade na cadeia têxtil

 

Mapa da Mina:

O Mapa da Mina é, literalmente, um mapa da mina digital, onde você encontra desde de fornecedores de moda como confecções, costureiras e modelistas até brechós e lojas colaborativas.

Criado e hospedado pelo site Roupa Livre, uma iniciativa do quarteto Mari Pelli, Gabi Mazepa, Elisa Dantas e Larusso, o projeto tem a intenção de ressignificar a maneira como produzimos e consumimos nossas roupas e acessórios.

Plataformas promovem transparência e proximidade na cadeia têxtil

 

Povigy:

O site americano Povigy é uma ferramenta que ajuda os clientes a entenderem melhor aquilo que estão comprando e com isso façam compras mais responsáveis.

“Quem faz, como faz e sob que condições faz”, essas são perguntas que a plataforma pretende responder aos seus usuários.

A plataforma avalia o fornecimento de matérias-primas, logística da cadeia de suprimentos, fabricação, mão-de-obra e impactos ambientais.

 

Plataformas promovem transparência e proximidade na cadeia têxtil

 

Deixe uma resposta